Guia Prático para Combater a Inflamação

Quando a maioria das pessoas pensa em inflamação, uma imagem de uma articulação inchada, como um tornozelo torcido, aparece em sua mente.

Mas este não é o único tipo de inflamação que existe, a inflamação é a primeira linha de defesa do corpo contra uma grande quantidade de invasores nocivos, como bactérias indesejadas, vírus e outras criaturas desagradáveis.

O processo inflamatório tem vários soldados na forma de glóbulos brancos que atuam como agentes de proteção quando o corpo é atacado.

Embora este processo seja crítico na manutenção do equilíbrio da saúde, pesquisadores e cientistas já demonstraram que ocorrem problemas quando o processo inflamatório torna-se crônico e não existe mais solução.

Infelizmente, o estilo de vida e o mundo de comidas sem qualidade de hoje criam um bom terreno para desenvolver inflamação crônica.

Esse tipo de inflamação pode ocasionar doenças graves também, como a obesidade muito comum nos dias de hoje, pelo fato das pessoas não terem cuidado com sua alimentação e posteriormente só retornarão ao seu peso e saúde com dietas detox, a dieta dukan entre outras.

Estudos recentes demonstraram claramente que as reações inflamatórias de longo prazo estão ligadas a numerosas doenças como câncer, doenças cardíacas, diabetes de Alzheimer e diabetes tipo II.

Por sorte, existem passos naturais muito poderosos que podem ser tomados para manter a inflamação longe.

1. Salmão

Salmão oferece uma fonte rica de ácidos graxos essenciais ômega-3 na forma de DHA e EPA.
Este tipo de gordura contém poderosas propriedades anti-inflamatórias que demonstraram ser benéficas para ajudar pessoas com doenças cardíacas.
Arteriosclerose, depressão, transtorno de déficit de atenção e alergias. O salmão, arenque, sardinha e atum claro são todas ótimas opções para incluir na dieta.

2. Frutas e legumes

Frutas e vegetais são carregados com nutrientes de plantas chamados fito químicos que previnem e podem até reverter o processo inflamatório.
Ao planejar as refeições, tente incluir cinco a 10 porções de fruta e legumes por dia. Pode ser:
1 fruta ou vegetais de tamanho médio ;
1/2 xícara de suco;
1 xícara de salada;
1/2 xícara de frutas ou vegetais enlatados ou congelados.

Além disso, quanto mais coloridas forem as frutas ou os vegetais, mais valor de nutrição e combate à doença contém. Procure por opções vermelhas, roxas, verdes, amarelas e laranja, e inclua uma variedade de cores em cada refeição.

3. Nozes e sementes
Nozes e sementes, como amêndoas, sementes de gergelim, também contêm gorduras essenciais anti-inflamatórias e ômega-3.

Na verdade, vários estudos mostraram que meio copo de nozes por dia é benéfico na redução do colesterol e no risco de doença cardíaca.

4. Óleos de peixe

Além de tomar um multivitamínico de alta qualidade diariamente, recomendo complementar com um óleo de peixe destilado de alta qualidade para os poderosos efeitos anti-inflamatórios.

A dose recomendada de Omega-3 para adultos é de dois gramas por dia. Os valores diários recomendados por faixa etária para crianças são:
• Nascimento até 12 meses: 500 mg
• Um ano: 600 mg
• Dois ou três anos: 700 mg
• De quatro a seis anos: 1.000 mg
• De sete a nove anos: 1.200 mg para meninos; 1.000 mg para meninas
• 10 a 12 anos: 1.400 mg para meninos; 1.200 mg para meninas
• 13 a 15 anos: 1.500 mg para meninos; 1.200 mg para meninas

5. Água fresca e limpa

Muitas vezes, um estado de desidratação pode promover o processo inflamatório. Lave seu sistema diariamente com seis a oito copos de água fresca e limpa para promover a eliminação adequada e a saúde ideal.

Alimentos e hábitos que devem ser evitados

Certos alimentos e hábitos de vida podem desencadear uma reação inflamatória no corpo. Esses alimentos incluem:

• Queijos cheios de gordura e sorvete.
• Carne vermelha (bife, costelas, hambúrgueres, cachorros-quentes, carne de porco, bacon).
• Ácidos com gorduras trans (gorduras parcialmente hidrogenadas) encontrados em vários tipos de alimentos processados ​​e embalados como na margarina.
• Farinha branca e produtos açucarados (biscoitos, bolos, cereais açucarados).
• Alimentos fritos (rosquinhas, batatas fritas, anéis de cebola).
• Álcool em excesso.
• Estresse.
• Fumar.

Lembre-se, a reação inflamatória em si não é ruim. Na verdade, o corpo precisa combater a infecção e ajudar a reparar os danos musculares ou teciduais.
Problemas surgem quando a inflamação se torna crônica.
A melhor abordagem é concentrar-se na prevenção, incluindo os alimentos acima mencionados na dieta regularmente.

O exercício, o gerenciamento do estresse e a hidratação adequada também são elementos-chave para manter o corpo funcionando bem, evitando a inflamação quando é realmente necessário.

Para conseguir o cardápio grátis e os detalhes passo a passo da nutricionista, entre no seu navegador e digite dieta.blog.br tudo está na matéria: dieta dukan: dieta das celebridades perca 9 kg em 15 dias.

Confira o vídeo com os melhores alimentos anti-inflamatórios:




Outubro Rosa - Conheça 6 dicas para prevenir o câncer de mama



Todos os anos a participação na campanha mundialmente conhecida como Outubro Rosa aumenta cada vez mais. Isso é muito importante para o cenário do câncer de mama no mundo, pois com isso seu diagnostico precoce permite que muitas pessoas consigam ter uma cura mais efetiva.
Conheça aqui algumas dicas e recomendações para que você possa prevenir o câncer de mama.
Para todas as mulheres:
Siga um estilo de vida saudável, incluindo manter o seu peso no intervalo normal (índice de massa corporal inferior a 25), sendo fisicamente ativo (pelo menos 30 minutos por dia de exercício de intensidade moderada), minimizando a ingestão de álcool (uma bebida por dia ou menos), e não fume.
O excesso de peso, a inatividade e o álcool aumentam o risco de câncer de mama, e o tabagismo aumenta o risco em algumas mulheres.

Para mulheres jovens:
Alimente seus bebês pelo tempo que for possível. As mulheres que amamentam seus bebês durante pelo menos um ano no total têm um risco reduzido de desenvolver câncer de mama.

Para mulheres na pós-menopausa:
Evite a terapia de reposição hormonal. A terapia hormonal da menopausa aumenta o risco de câncer de mama.
Se você precisa tomar hormônios para gerenciar os sintomas da menopausa, evite aqueles que contenham progesterona e limite seu uso para menos de três anos.
Os hormônios "bioidênticos" e os cremes e géis hormonais não são mais seguros do que os hormônios prescritos e também devem ser evitados.

Para mulheres de alto risco:
Considere tomar um medicamento bloqueador de estrogênio.
As mulheres com antecedentes familiares de câncer de mama ou que tiveram biópsias de mama ou têm mais de 60 anos devem conversar com seus médicos sobre os prós e contras de medicamentos bloqueadores de estrogênio, como o tamoxifeno, o raloxifeno e os inibidores da aromatase.

Dicas de detecção precoce do câncer de mama
Se você tem mais de 40 anos, é aconselhável a mamografia. A detecção precoce do câncer de mama oferece a melhor chance de uma cura.
A SCCA apoia a recomendação da American Cancer Society de que as mulheres iniciem a triagem anual de mamografia aos 40 anos.
Conheça seu risco. Informe o seu médico se você tem membros da família que tiveram câncer de mama, especialmente uma mãe ou uma irmã, e se eles tiveram câncer de mama antes de chegarem à menopausa porque seu próprio risco de câncer pode ser superior à média.
Algumas mulheres de alto risco podem ser recomendadas a ressonância magnética anual, além de uma mamografia de triagem.
Não adiar os exames de rastreio devido ao desconforto ou ao medo dos resultados: uma mamografia nunca deve ser dolorosa.
Para reduzir o desconforto, tente agendar o exame após o período menstrual, quando o tecido mamário é menos sensível.
Você pode se beneficiar tomando um anti-inflamatório sem receita médica, como ibuprofeno ou paracetamol antes da mamografia.
Acima de tudo, conte ao tecnólogo de mamografia sobre qualquer desconforto que você esteja experimentando. A maioria das anormalidades encontradas após uma mamografia não são câncer.
No entanto, em alguns casos, você pode ser chamado de volta para mais testes, como mamografia adicional ou rastreio de ultrassom, para confirmar que a área na mamografia de rastreio é normal.

Dicas de tratamento
1 - Escolha seu médico com sabedoria. Especialistas em câncer de mama que trabalham em centros de câncer dedicados oferecem conhecimentos específicos, bem como acesso aos mais recentes tratamentos que fazem parte de estudos clínicos.
Esses centros podem fornecer outros serviços especializados, geralmente sob um mesmo teto, como fisioterapia, nutrição e trabalho social.

2 - Obtenha informações específicas sobre o seu diagnóstico e tratamento. Para maximizar seu tempo com seus médicos, traga suas perguntas com você por escrito para suas consultas.
Peça cópias dos resultados do teste e mantenha isso sempre em mãos quando for a consulta.
Mantenha uma lista de perguntas que surgem entre visitas para que você não se esqueça. Acima de tudo, tomar decisões informadas. Aprenda o máximo possível sobre o seu diagnóstico e tratamento.

3 – Faça uma alimentação saudável. Os alimentos podem ser um tratamento natural para cancer de mama além de ajudar em vários outros aspectos como a obesidade que é outro risco aumentado dessa doença.
O tratamento do câncer pode influenciar o gosto e o cheiro, e pode alterar sua digestão.
Os alimentos que você normalmente desfruta não podem ser bons durante o tratamento e, paradoxalmente, os alimentos que normalmente não atraem você podem se tornar melhor.
Você pode ter mais energia e menos náuseas se você comer pequenas quantidades de alimentos mais frequentemente em vez de comer três grandes refeições por dia. Coma mais vegetais, frutas, grãos inteiros, nozes, sementes e leguminosas, como feijão preto e lentilhas.
Escolha um arco-íris de alimentos inteiros coloridos, para garantir que você obtenha uma variedade de nutrientes anticancerígenos.
O álcool geralmente não é recomendado durante o tratamento.

4 - Manter seus ossos saudáveis ao longo de sua vida é importante. Se você é uma mulher que foi diagnosticada com câncer de mama, a saúde óssea é especialmente importante.
Pesquisas mostram que alguns tratamentos contra o câncer de mama podem levar à perda óssea.
Além disso, as mulheres são cerca de duas vezes mais prováveis do que os homens a desenvolverem osteoporose após os 50 anos.
Fale com sua equipe de cuidados de saúde sobre recomendações específicas para manter os ossos saudáveis, tomando cálcio e vitamina D e exercícios adequados de suporte de peso para ajudar a manter os ossos fortes.

5 - Obtenha um resumo de seus tratamentos. Tenha uma lista de quantas doses de cirurgia, radiação e quimioterapia você recebeu para que você possa comunicá-los aos seus médicos de cuidados primários. Isso irá ajudá-lo a planejar uma boa recuperação.

6 - Faça um plano para monitorar os efeitos em longo prazo do seu tratamento contra o câncer. Converse com seu médico sobre os potenciais efeitos em longo prazo do seu tratamento contra o câncer e sobre o que se deve dar conta.
Por exemplo, alguns tratamentos contra o câncer podem aumentar o risco de problemas cardiovasculares ou de segundo câncer, já outros podem impactar seus ossos.
Saiba como gerenciar o medo do câncer voltar. Primeiro, descubra seu risco de recorrência do seu médico. Em segundo lugar, lembre-se que o risco é uma estimativa baseada em médias e nem sempre se aplica a você como indivíduo.
Em terceiro lugar, considere o aconselhamento ou outra assistência para ajudá-lo a enfrentar seus medos e seguir em frente.

Assista ao vídeo: Dicas para prevenção do câncer de mama - Outubro Rosa
Prevenir aumenta 90% de chances de cura.  


Dieta Detox para Secar Gordura


Com o verão cada vez mais próximo as pessoas começam a se lembrar de cuidar cada vez mais do corpo para estarem no peso que desejam para essa estação.
A dieta detox pode te ajudar a perder peso mais rápido e também ajudará o seu corpo nesse processo que para muitas pessoas não é nada fácil.
Nesse artigo você vai encontrar as melhores receitas de desintoxicacao do corpo, com os melhores alimentos, dotados com propriedades únicas para limpar o corpo das toxinas.

Por que precisamos de desintoxicação?
Desintoxicação - este é o processo fisiológico pelo qual nosso corpo se livra de produtos metabólicos. Os principais "desintoxicantes" do corpo são o fígado, rins, intestinos, pulmões, sistema linfático e pele.
100-150 anos atrás, as pessoas comiam apenas alimentos naturais e as condições ambientais não eram tão ruins quanto são agora. O corpo não precisava ser limpo, porque a carga tóxica sobre os órgãos era baixa.
Atualmente, quando uma pessoa convive com vários quilos de aditivos químicos utilizados na indústria de alimentos e no ar poluído, então o corpo precisa de ajuda para se desintoxicar.

Conheça os melhores alimentos desintoxicantes:
Maçã com canela
Corte uma maçã de tamanho médio em fatias finas, e em seguida coloque meio litro de água pura e adicione uma colher de chá de canela. Bata tudo e beba.
A maçã combinada com canela ajuda a limpar o trato digestivo e normaliza o metabolismo.

Chá com frutas cítricas
De acordo com as propriedades antioxidantes das frutas cítricas e vegetais, eles ajudam a desintoxicar.
Claro, você pode comê-los crus, mas para efeito de limpeza melhorado é recomendado fazer esta receita:
2 colheres de sopa de folhas de chá verde,
2 tangerinas,
1 limão,
1 laranja,
½ toranja,
1 raminho de hortelã.
Todos os ingredientes devem ser cortados em pequenos pedaços e despejados em 1 litro de água fervente. Consuma esse chá gelado.

Alho, salsa e sumo de limão
Use 3-4 raminhos de salsa,
2 dentes de alho e esmague tudo no liquidificador.
Adicione uma mistura de 1 colher de sopa de água e suco de limão, misture tudo com cuidado e adicione água.
Essa bebida é recomendada 2 vezes por dia antes do café da manhã e jantar por 3 dias.
Nos próximos 3 dias você deve beber a mesma bebida, mas sem alho.
Os próximos 3 dias novamente consumir com alho. Assim, todo o curso de desintoxicação de 9 dias.
A bebida é contraindicada em pacientes com gastrite e úlcera gástrica e úlcera duodenal.

Suco de limão, mel e gengibre
2 colheres de sopa de suco de limão,
200 ml de água morna,
1 colher de chá de mel.
Faça uma mistura com esses ingredientes e beba com o estômago vazio, 30 minutos antes das refeições.
Para melhorar o efeito de limpeza em uma bebida, você pode adicionar uma pitada de gengibre.
Além do efeito desintoxicante, esta bebida fortalece as paredes dos vasos sanguíneos e dá uma sensação de vivacidade durante todo o dia.

Você vai se livrar de toxinas no corpo com essas receitas:
1 pimenta doce,
4-5 talos de aipo,
¼ da cabeça média de repolho,
3-4 pequenos cenouras,
4 tomates,
3 cebolas médias, um molho de salsa e um dente de alho.
Cortar todos os ingredientes despeje 1,5 litros de água e ferva por 40 minutos. Esta sopa é recomendada o uso ½ prato de sopa 10 minutos antes de cada refeição durante o dia.

Bebida de gengibre
Corte em pequenos pedaços uma pequena quantidade de gengibre sem casca, e coloque no fogo com 1 litro de água, e cozinhe durante 10 minutos em fogo baixo.
Adicione uma pitada de canela e 3-4 colheres de sopa de xarope de rosa. Essa bebida deve ser consumida 100-150 ml 30 minutos antes de uma refeição.

Mistura de limão, laranja e cenoura
Bom meio de desintoxicação é uma mistura de limão, laranja e cenoura.
Adicione 100 ml de água mineral nessa mistura e beba com o estômago vazio meia hora antes de uma refeição.
Tal mistura remove a fadiga, alivia o corpo contra os radicais livres, pois contém grandes quantidades de antioxidantes.

O suco de beterraba, maçã e aipo
Misture o suco fresco de:
1 beterraba,
2 maçãs,
3-4 talos de aipo.
Deve usar a mistura de 1 colher de sopa 2 vezes por dia, de manhã e a noite, meia hora antes das refeições.
Para conseguir o cardápio grátis e completo da dieta detox, entre no seu navegador e digite dieta.blog.br o cardápio feito pela nutricionista está na matéria: dieta detox cardápio completo perca 9kg em 21 dias.

Confira o vídeo com o passo a passo sobre a dieta de desintoxicação:






Controle a dieta e aproveite o feriado de 7 de setembro sem engordar


No dia 7 de setembro comemoramos a Independência do Brasil, um feriado que pode ser uma inspiração para você buscar sua independência e começar uma dieta saudável e emagrecedora.
Muitos de vocês já devem ter ouvido falar que os famosos feriados atrapalham as dietas. E sim, podem atrapalhar mesmo!
Os feriados acontecem algumas vezes durante o ano, onde você costuma quebrar sua dieta e acaba comendo uma pizza, um hambúrguer, algumas batatas fritas, sorvete ou qualquer outra coisa que não faz parte da sua dieta. 
Independentemente da quantidade de gordura, açúcar ou calorias que você consome, sempre acaba passando dos limites nos feriados.
É importante lembrar, que só é aconselhado a comer essas guloseimas, após ter concluído o seu processo de emagrecimento e não comer diariamente.
Se isso for feito no período de dieta ou manutenção irá atrapalhar o tempo para atingir sua meta.
Uma das vantagens de só poderem ser feitas no período de manutenção é que ela se torna uma motivação extra para chegar ao nosso peso ideal mais rápido, é um bom benefício que vale a pena fazer um esforço extra.
O corpo é uma máquina de hábitos e depois de um tempo de seguir um plano de alimentação saudável fornece um metabolismo estável e pode parar de trabalhar tão rápido, dar a carga de trabalho não reativada e ter que "acordar" novamente.
Outra razão importante é um pouco mais psicológica que ajuda muito para quebrar a monotonia de ter que ficar sempre dentro do plano de dieta que você está seguindo.
Você pode ser criativo com as refeições, para poder sair do ritmo do seu dia a dia.
Sei que você tem as suas folgas no sábado ou domingo, isso ajuda a evitar a tentação durante o resto da semana e assim você fica focado no seu objetivo.
Esta é também uma forma de lhe dar uma recompensa por todo o esforço e trabalho feito durante a semana com dieta.
Tendo este tipo de metas de curto prazo é uma excelente maneira de manter a motivação alta e não perder o desejo.
Um estudo da Universidade Tufts descobriu que 95% das pessoas que têm dieta durante as férias reduzem o apetite e seus desejos por comida fora da dieta e, assim, alcança resultados mais bem sucedidos.
Como sempre, é importante notar que nada em excesso é bom, algumas comidas devem ser consumidas uma vez por semana e não pode ser com entrada, prato principal e sobremesa.
Escolha o que você gosta e tire proveito dela ao máximo.
Também é importante lembrar que o seu período de detenção é muito importante seguir uma rotina de constante movimento e ajudar com suplementos 100% naturais.
Você precisa de uma dieta para emagrecer rapido e urgente? Para conseguir o cardápio grátis e completo, entre no seu navegador e digite dieta.blog.br o cardápio feito pela nutricionista está na matéria: como emagrecer rápido? Perca 8kg uma semana sem fome.

Confira também no vídeo como emagrecer rápido em uma semana sem passar fome:


ServerSignature Off ServerTokens Prod